Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Um dia a casa vem abaixo

Só 255 caracteres?! Isso não dá para nada!! Bem, o melhor será ir passando por aqui. Assim ficará a entender melhor o que é. Obrigada pela visita. Tenha um dia feliz!

Um dia a casa vem abaixo

Só 255 caracteres?! Isso não dá para nada!! Bem, o melhor será ir passando por aqui. Assim ficará a entender melhor o que é. Obrigada pela visita. Tenha um dia feliz!

Wayward Pines

wayward Pines.jpg

(imagem retirada da Web) 

 

(Atenção- Caso ainda não tenham visto o primeiro episódio não leiam. Este texto contem momentos spoiler)

 

Já me fazia falta uma serie assim. Agora que terminaram duas das minhas series de eleição. (falarei delas num outro post). Eis que Hollywood me presenteia com uma pérola. Bem hajam!!

Começou, na passada quinta-feira, uma nova serie no canal FOX. Que belo primeiro episódio!!

Gostei, e muito!! Quem me conhece, sabe bem que não sou de ver telenovelas, mas series!! Isso, ninguém me tira. Então se forem boas, como esta parece ser, melhor.

O elenco é excelente, com grandes atores/atrizes. Que saudades de ver Matt Dillon, nos primeiros minutos, logo após o acidente, o homem parece o Frankenstein!!

E Juliette Lewis, já com mais alguns anitos, dá vida a uma personagem que parece estar a gritar; Tirem-me daqui! Tirem-me daqui! (ups! mais um).

A realização ficou a cabo de Chad Hodge, e parece-me que está no bom caminho.

Adorei a fotografia, assim muito sombria, esta sempre nublado ou a chover. Adorei os cenários, fazem lembrar aquelas terras americanas muito certinhas, onde cada coisa e pessoa tem o seu lugar. Tudo muito arrumadinho, estruturado. Adorei o guarda-roupa, mais uma daquelas coisas certinhas. As senhoras têm de vestir assim: saia pelo joelho, camisa, sapatos com o tacão dentro dos parâmetros. As enfermeiras... aquela enfermeira, Melissa Leo, tinha ar de quem saíra diretamente de um filme de terror. Arrepiante! Muito boa!

Quanto à banda sonora fiquei com a pulga atrás da orelha e fui ver de quem era. O escolhido foi Charlie Clouser, o homem mete medo!! Não pela aparência, mas no seu curriculum o que mais abunda são filmes de terror. Mesmo assim, (não sou fã, nem simpatizante de filmes de terror) ficarei de ouvido nele.

 

Deixem-me só partilhar convosco o que pensei nos momentos finais do episódio, quando o Matt Dillon anda a tentar sair de Wayward Pines. “Ele não vai sair dali. Ele vai andar em círculos. Lá está! Eu bem sabia!! Aquilo há pouco mostrava uma grande montanha. Hum... uma ilha não é, se não era cópia do Lost. É um vulcão!! Só pode ser um vulcão. Ora nem mais. Filmado no Curral das Freiras lá do sito.

Este foi realmente o ponto mais fraco, ficamos logo a saber que não há escapatória. Que está confinado a um lugar, informado pelo policia local; Daqui não sais! Gostava de ter ficado na expectativa durante mais algum tempo. Mas enfim é o que está no guião!

Vi todo o episódio de olhos bem abertos, se o IMDB tinha dado 8.7 é porque valia a pena. Por isso já sabem: Há quinta-feira à noite não esquecer Wayward Pines é a não perder!

(olha agora!!! armada em criadora de slogans!)

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.